Archive for the 'por Hygino' Category

Curling

Os autores deste blog gostam de Curling, mas não gostam de postar.

Ronaldinho e as Gaúchas

Sabe aquele dia em que você perde a hora, percebe a geladeira vazia quando vai tomar café, faz sinal mas o ônibus não para, chega atrasado no trabalho e toma bronca, perde o horário de almoço, lembra que esqueceu (!) de pagar as contas e mais uma quantidade vasta de cagadas acontecem? Você perde a esperança na vida. Perde a esperança na Trindade. Mas aí vem um e-mail dos Céus, ou da Assessoria de Imprensa dos Céus:

SÓSIA DE RONALDO GAÚCHO LANÇA GRUPO RONALDINHO & AS GAÚCHAS COM NOVO RITMO, O PAGOFUNK

O sósia do jogador Ronaldo Gaucho, João Vinícius, esta se  lançando no mercado musical com o grupo Ronaldinho & As Gauchas. O grupo se considera o precursor do novo ritmo chamado de pagofunk que mistura batidas de funk e pagode. O primeiro single do grupo foi batizado com o nome do movimento musical  “Pagofunk”. As duas bailarinas do grupo Vanessa Vanzella de 21 anos e Thainá Alves de 19 anos são gauchas. “Pagofunk mistura batidas dos ritmos mais amados e populares do Brasil, não tem como não gostar” declara João Vinícius. “Em algumas de nossas primeiras apresentações nos chamaram de as Ronaldinhas Gauchas” completa Vanessa Vanzella.
Aposto minha barba que em 4 meses sai o filme pornô.

Segura o Pagofunk. Segura o Ronaldinho. Segura as Gaúchas.

E se o Ronaldo acima der sorte, em pouco tempo ele se lança em  novos projetos pro segundo semestre.

Forró Hero

forro

Criação de @weldermm

Um exclusiva versão com duas opções de carreira: o Tour Pé-de-Serra, onde você se tornará o novo Dominguinhos com a benção do luar do sertão. E o Tour Pisadinha, onde Riquelme na batera te espera, com toda a malícia que o duplo sentido agrestino pode te reservar.

Puxe o fole em clássicos como Meu Vaqueiro Meu Peão do Mastruz com Leite e Hoje é Cachaça, Muié e Gaia do Cavaleiros do Forró, entre outros.

Como diria Xandynho do Aviões: Né Fraco Não! Taca o pau Riquelme.

Derrota

Perdeu, playboy.

Me fudi.

Waiting for the Bus

Os gênios do humor do Cyanide & Happiness, famosos e aclamados por suas tirinhas, vez ou outra atacam com pequenas animações. A última delas é “Waiting for the Bus”. Não é aquele humor inteligente do CQC, nem aquele chulo e escrachado do Pânico, mas tá valendo.

Lucas Prata já trabalha há alguns meses no processo de animação das tirinhas “Bogus e Yago”. Aguardem.

Independência Publicitária

7 de Setembro. Estou na praia, e não em uma agência de publicidade, como muitos. Mesmo cursando a maravilhosa faculdade de Publicidade e Propaganda, dei meu grito, às margens plácidas do Tiête. Advertising não é pra mim.

O Mestre Costinha ilustra bem a causa disso. Olha como do segundo jeito é muito mais bonito.

Minha vida acabou

Quando criança, eu era muito, mas muito viciado em videogame. Tentava não ter uma postura nerd no mundo exterior, mas não conseguia fazer outra quando estava em casa. Lembro quando a internê, popularizada, começou a presentear a humanidade com joguinhos bobinhos, levinhos, muitos baseados no próprio browser, em que você podia encarnar esportistas, músicos, guerreiros ou qualquer outro avatar dos seus sonhos. Eram jogos em que se demorava muito para evoluir. Era preciso muita força de vontade, muito tempo livre e muita disposição para abrir mão da sua vida real.

Com a evolução tecnológica e a questão da China, esses joguinhos bobos se fundiram aos jogos fodões de gráficos fudidões dos consoles de videogame, dando vida aos MMORPGs, os jogos de interpretação de personagem online e em massa para múltiplos jogadores, como diz o próprio Wikipédia. Mas quando eles se tornaram populares, eu entrei na faculdade, comecei a trabalhar e tive que fazer uma das escolhas mais duras da minha vida: eu não me dediquei mais aos joguinhos.

Porém, amigo-lhes, após 4 longos anos, a vida parece sorrir para mim novamente. A faculdade em reta final, o trabalho com jornadas não tão longas e exaustivas. E antes sequer de começar a pensar no que fazer com meu tempo livre, eu vejo isso:

Acabou. Vou pedir demissão, nunca mais estudar nada, nem comer, nem tomar banho, muito menos cortar o cabelo.

Vou viver minha vida para jogar Dragon Ball Online.


//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

//twitter.do.tico

//naftalina