Rio 2016? Sou contra.

Update 03/10: Agora com a decisão, que o superfaturamento seja o menor dos problemas, ou seja, que ao menos as promessas sejam cumpridas pra que o Rio ressurja como símbolo do Brasil potência. E que (antes tarde do que nunca) se invista em uma política educacional esportiva. Como diria aquele samba-enredo da Mocidade: “Sonhar não custa nada e meu sonho é tão real”. Que o Rio 2016 seja um presente e não um assalto (financeiro, ético e social).

O Fábio Lopez, criador do War in Rio e do Batalha na Vala, passou pelos comentários do post sobre o último e deixou a dica de sua mais nova criação:

pictograma

Aproveitando o ensejo, este que vos fala é plenamente contra a realização dos jogos no Rio em 2016. Não por incapacidade de realização, coisa que eu creio que temos (até que a Copa não nos prove o contrário), desapego a pátria (amo isso aqui e me orgulho da minha origem mais que o Abba da Suécia) ou a violência urbana na cidade (coisa que exército na rua durante o evento e uma boa photoshopada estrutural não resolva). Mas, sim pelo que virá depois dele (o tal do legado para cidade maravilhosa), pelas promessas que provavelmente não serão cumpridas e (parafraseando Paulinho da Viola) os rios de dinheiro público que passarão pela vida dos administradores do evento.

O Pan 2007 deu a deixa. Se o projeto inicial dos jogos, lá em 2002, previa gastos na casa dos R$409 milhões, contando com o Metrô até a Barra e a despoluição da Lagoa Rodrigo de Freitas, o que se viu foram gastos finais de R$ 3,2 Bilhões (inflação de 684%) e nenhuma dessas promessas cumpridas. Sem falar nos papelões durante e depois do Pan, como o do caos nos campos de beisebol e softbol na Cidade do Rock, as péssimas condições de moradia na vila panamericana e o sub-aproveitamento dos elefantes brancos deixados pelo jogos: Engenhão na mão do meu Botafogo, que paga parcos 36 mil reais de aluguel pra prefeitura, mas que gasta 400 mil de manutenção mensal (que a prefeitura se livrou de pagar). Multi-arena virando a casa de shows do HSBC e recebendo Criança Esperança, que ia muito bem obrigado no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo. Velódromo e parque aquático Maria Lenk entregue as traças etc etc etc.

Se ainda depois dos Jogos Panamericanos, um dos principais responsáveis por ele, o (eterno) presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, tivesse se retirado do cargo, até abraçaria a causa (ou pelo menos teria melhores olhos para ela) do Rio 2016. Mas, o figurão ainda é peixe grande nesse mar, onde nada cachorrinho desde 1995, quando assumiu o principal cargo do orgão-mor do esporte brasileiro pelo qual não recebe salário (sic) e foi reeleito há exatamente um ano em pleito extremamente suspeito. Para não me estender muito sobre, já destilei meu veneno sobre ele aqui.

Ademais, não custa lembrar a pífia atuação olímpica do Brasil em Pequim, que só para o Nuzman foi histórica. Oriunda de uma péssima administração do investimento da Lei Agnelo-Piva, que fez com que cada medalha tupiniquim custasse 6 milhões de euros. E a bolsa-atleta, que paga incríveis 1500 reais (quantia menor que o salário de muito estagiário em grandes corporações nas Farias Limas e Berrinis da vida) para um atleta de alto nível sobreviver no Brasil. Grana bem equilibrada com aquela que será gasta no Rio de Janeiro: previsão inicial na casa dos 28,8 bilhões de reais e 100 milhões (públicos), já gastos com a candidatura.

Por essas e muitas outras, estou com Chicago, Madri, Tóquio ou até Doha, se esta ainda estivesse no páreo, nesta sexta em Copenhagem. O bolso da minha pátria amada Brasil não precisa de mais essa.

2 Responses to “Rio 2016? Sou contra.”


  1. 1 Bruno Brandão 30/09/2009 às 8:37 PM

    Tô com você Caju.

    Amo o Brasil e o Rio de Janeiro.

    Mas ainda não é hora.

    Torceremos.

  2. 2 Rafa 30/09/2009 às 9:14 PM

    Pensamento comum:
    “Esse dinheiro vai ser mal gasto com ou sem olimpíada. Então, que pelo menos eu possa me divertir um pouco em cima dele… e até fazer festinha com umas suecas na praia…”


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: