Minha vida acabou

Quando criança, eu era muito, mas muito viciado em videogame. Tentava não ter uma postura nerd no mundo exterior, mas não conseguia fazer outra quando estava em casa. Lembro quando a internê, popularizada, começou a presentear a humanidade com joguinhos bobinhos, levinhos, muitos baseados no próprio browser, em que você podia encarnar esportistas, músicos, guerreiros ou qualquer outro avatar dos seus sonhos. Eram jogos em que se demorava muito para evoluir. Era preciso muita força de vontade, muito tempo livre e muita disposição para abrir mão da sua vida real.

Com a evolução tecnológica e a questão da China, esses joguinhos bobos se fundiram aos jogos fodões de gráficos fudidões dos consoles de videogame, dando vida aos MMORPGs, os jogos de interpretação de personagem online e em massa para múltiplos jogadores, como diz o próprio Wikipédia. Mas quando eles se tornaram populares, eu entrei na faculdade, comecei a trabalhar e tive que fazer uma das escolhas mais duras da minha vida: eu não me dediquei mais aos joguinhos.

Porém, amigo-lhes, após 4 longos anos, a vida parece sorrir para mim novamente. A faculdade em reta final, o trabalho com jornadas não tão longas e exaustivas. E antes sequer de começar a pensar no que fazer com meu tempo livre, eu vejo isso:

Acabou. Vou pedir demissão, nunca mais estudar nada, nem comer, nem tomar banho, muito menos cortar o cabelo.

Vou viver minha vida para jogar Dragon Ball Online.

1 Response to “Minha vida acabou”


  1. 1 Nica 29/08/2009 às 10:55 PM

    Eu achei que você tinha abandonado seu lado geek.
    Bom saber que DB reviveu você! Nunca estive tão orgulhosa de você.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: