Pinocchio, Vampire Slayer

Carlo Collodi foi o criador da personagem “Pinóquio“, o boneco de madeira criado pelo velho Gepeto que, por meio de magia, fantasia e alegria, ganha vida e, desde então, tenta se tornar um menino de verdade. Sua característica mais marcante é seu cilíndrico nariz de madeira, que cresce cada vez que Pinóquio conta uma mentira.

Pinóquio e Gepeto deram pinta. Um velho solitário que esculpe um bonequinho companheiro com nariz em forma de quiabo? Que sonha em ser menininho de verdade e recebe pózinho da fadinha? Liberta, Gepeto!

Mas ao contrário do genial Seth Macfarlane, criador da série “Family Guy”, tem gente que não vê Pinóquio sob esta ótica. Ao invés de brinquedo anal para Gepeto, e se o nariz do boneco crescesse para se tornar um estoque infinito de estacas destruidoras de vampiros?

A história pode parecer radical demais para publicação, mas depois de Brüno (genial), qualquer coisa pode ser feita na história da humanidade. “Pinocchio, Vampire Slayer” vai sair pela editora Slave Labor Graphics, em 128 páginas de quadrinhos em PB.

Frenético.

0 Responses to “Pinocchio, Vampire Slayer”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: