Algumas bandas novas – pt.1

Amigos leitores, ultimamente tenho me concentrado numa busca ensandecida por bandas novas que possuam o espírito da jovialidade e renovação que Jesus Luz forneceu à Madonna. Não tem sido uma tarefa fácil. Pra falar a verdade, as bandas moderninhas de hoje estão todas muito parecidas, ou seja, propostas pra cacete. E foi mergulhando neste oceano de mesmice que eu encontrei um recife de corais diferentes. Todas as bandas ou cantores que se seguirão me conquistaram por entregar algo a mais que uma simples proposta neo-hype-cosmopolita. Eles simplesmente fizeram músicas boas.

The Gay Blades

http://www.myspace.com/gayblades

Começarei com a primeira grande banda que encontrei neste período de busca, os Gay Blades. O duo Clark Westfield e Puppy Mills se dizem nova iorquinos, mas, na verdade, são de Nova Jersey, o primo pobre da Big Apple, e fazem um som que, nas ótimas palavras de Tico, são o encontro entre Eagles of Death Metal e Fall Out Boy. O álbum de estréia da dupla – o único até então – foi lançado há dois anos atrás, mas só começou a ser devidamente reconhecido em meados do ano passado, levando a banda a fazer shows pela Europa inteira, graças a ótimas músicas, como “Hey, She Say” (escrito assim mesmo) e “O Shot” (confira o clipe abaixo).

The Mae Shi

http://www.myspace.com/themaeshi

A segunda banda desta lista em nada se assemelha com a anterior: para começar, The Mae Shi (algo como “Os cartões de visita”) é um sexteto da ensolarada costa oeste americana, mais precisamente, de Los Angeles. Quanto ao som, apesar de ser rock também, esta banda possui uma pegada mais rápida que o Gay Blades, indo um pouco pro punk até. Seu álbum mais recente, HLLLYH, foi muito bem recebido pela crítica e figurou na lista dos 50 melhores álbuns do ano passado pelos cricas do Pitchfork. E é deste álbum que sai a excelente música que trago como exemplo até vocês, “The Lion and The Lamb”.

Plastiscines

http://www.myspace.com/plastiscine

Para finalizar este post, trago uma girl band francesa. O Plastiscines é formado por Katty Besnard (vocal e guitarra), Marine Neuilly (guitarra), Louise Basilien (baixo) e Anaïs (bateria), quatro roqueiras que fazem um som cru e simples, mas muito bom. Ano passado, inclusive, a banda se apresentou aqui no Brasil, no festival Orloff Five. Este quarteto acabou de lançar o segundo álbum, All About Love, que, confesso, ainda não ouvi, mas o single “Barcelona”, disponível no myspace das meninas, mostra que a sonoridade delas continua igual, logo, ótimo. O clipe ao vivo que vocês conferem abaixo é do primeiro álbum da banda, LP1, e a música é “Loser”.

Hasta!

obs.: se vocês quiserem algum desses álbuns para baixar, me avisam nos comentários que eu subo eles.

0 Responses to “Algumas bandas novas – pt.1”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: