Rihanna dos Cerrados

Forçar a barra é um dom das gravadoras (se você não sabe o que é isso, procure em alguma enciclopédia de sua casa). Na tentativa de levar artistas brasileiros ao estrelato internacional fazem parcerias mirabolantes ou patrocinam aulinhas na Cultura Inglesa para eles lançarem um ou outro single em inglês para quem sabe emplacar um clipe na madrugada do MTV Hits norte-americano. Por motivos até óbvios é complicado imaginar o Di, do Nx Zero, alçando vôos gringos do lado da Nelly Furtado:

Também entender porque não só o nome da música foi FAIL na tentativa de Sandy e o protótipo de roqueiro Júnior de emplacar um sucesso nos States:

A novidade agora é Wanessinha Camargo que resolveu put some bling blings na sua carreira. Chamou o Ja Rule e gravou “Fly”, inaugurando o estilo RnB Sertanejo.
A conexão Goiânia-Bronx rendeu esse clipe, estilão Pimp My Pink Elephant ou Gangsta no Café de La Musique:

Os agudinhos de Wanessa e suas dancinhas nigars me levam a crer que ela, definitivamente, deveria ter atendido o telefone do Dado.

Wanessa, atende Wanessa, eu sei que você taí.

Até a próxima, e beijos na Zilú.

0 Responses to “Rihanna dos Cerrados”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: