Resumindo o Pleito

E a “festa da democracia” (sic) teve mais um capítulo ontem. E dia de eleição pra mim é que nem final de copa do mundo. Das 6 até as 10 da noite é dedicação total a apuração, rádios, televisão e internet. Peço licença então para compartilhar minhas interpretações dos muitos resultados do pleito com vocês:

– A começar…:
Pelo Gabeira (PV)! Que bom ter um exemplo vivo de correta reputação política indo ao segundo turno do Rio de Janeiro. Sem apoio de máquina pública e baseando a campanha na alternativa idônea, derrubou o burro voto religioso do Crivella (PR) e ajudou a afastar os já miúdos tentáculos do César Maia (DEM) no poder da cidade maravilhosa. Ruim pro Edir Macedo, pior para o Lula que não sabe se apoia o ex-inimigo das cpis do Mensalão, mas agora brother, Eduardo Paes (PMDB) ou abraça a causa do ex-amigo-correligionário-militante de esquerda do PV.

– A Missa de 7º:
Felicidade também é ver o Carlismo sepultado na Bahia. ACM Neto (DEM) nem chegou no segundo turno e vai ter que se contentar com o legislativo. Em Salvador, ACM agora é só nome de rua e de aeroporto. Outra excelente bucha pro Lula resolver. Quem apoiar? Já que há dois representantes da base aliada no segundo turno, o atual prefeito João Henrique (PMDB) e o Walter Pinheiro (PT). Acho que ele não deve dar as caras por lá.

– “Comeu queto”:
Em BH a surpresa foi o Jair Marcatti mineirinho, Márcio Lacerda (PSB) que tinha vitória garantida nas pequisas, apadrinhado pela exótica e duvidosa dupla sertaneja mecenas Aécio (PSDB) e Pimentel (PT), tendo que ir pro segundo turno. O cabelinho Ronnie Von Leonardo Quintão (PMDB) não teve culpa de comer quetinho e no seu cantinho botou pra quebrar. O futuro presidente da república está tentando entender até agora essa “carreira” do tal Quintão.

– E Agora?:
Em São Paulo não deu outra. Conservadores da Zona Sul e Oeste colocaram o Kassab (DEM) no segundo turno na frente da relaxa e goza perigosa perua Marta Suplicy (PT), numa disputa no mínimo nojenta. Palmas, ao menos, para a derrocada do picolé de xuxu Geraldo Alckmin (PSDB), junto com toda a ambição da Opus Dei, além do esgotado papo fiado do Maluf (PP). Vale também comentar a primeira aparição para o grande público da alternativa Soninha Francine (PPS), pessoa que eu tive o grande prazer de dar meu voto e que ficou na honrosa 5ª colocação. Que nos próximos pleitos ela vá mais longe, com suas simples e objetivas idéias para a capital paulista.

– No Sul:
O tão comentado “efeito Lula” não surtiu em Curitiba. O atual prefeito Beto Richa (PSDB) se reelegeu com grande vantagem sobre Gleise Hoffman (PT). Nem adiantou o presidente aparecer nos horários eleitorais da petista. Vitória fácil. Já em Porto Alegre a história foi bem diferente. Raul Fogaça (PMDB), candidato à reeleição e de partido da base de sustentação do governo federal liderou e vai disputar o segundo turno com a bela Maria do Rosário (PT), que na reta final deixou pra trás a não menos bonita e competente Manuela D´ávila (PC do B). Este que vos escreve ficou triste pois é fã da “comunista”. A do Rosário tenta reerguer a hegemonia petista na capital gaúcha que durou 16 anos e foi tirada pelo Raul. Enquanto isso, Lula, Dilma e Tarso riem à toa.

– Gente honesta que merece:
O rei do Mensalinho, Severino Cavalcanti (PP) saiu humilhado pelo Gabeira da presidência da Câmara, para um cargo de relevância muito maior. É o novo prefeito da gloriosa João Alfredo, metrópole de pouco mais de 20 mil habitantes no interior de Pernambuco. Teve 52% dos votos.

– A Conga decepcionou:
Falando em Pernambuco, não posso deixar de lado o pífio resultado da ex-rainha do bumbum Gretchen (PPS) na sua tentativa de virar prefeita da bela Ilha de Itamaracá. Com 343 votos (2% do eleitorado), ficou apenas com a 3ª posição, longe do vencedor Rubinho (PT) com 52% da preferência dos itamaracaenses. Mais vergonhoso que isso, só fazer filme pornô.

– Não foi bom para o Moral:
Outra musa pornô since 80´s (procure no google, “Aluga-se Moças”) , Rita Cadillac (PSB) teve que se contentar com seus 378 votos não suficientes para se tornar vereadora da Praia Grande, no litoral paulista.

– Em Aracaju:
Minha bela Aracaju amanheceu feliz com a reeleição de Edvaldo Nogueira (PC do B). Um prêmio pra quem a deixou como a capital brasileira com a melhor qualdiade de vida.

– 3º lugar:
Taí uma posição ocupada por postulantes a vereadores no mínimo curiosos em algumas capitais do país. Em São Paulo, o 3º mais votado foi Netinho de Paula (PC do B), aquele que fazia festa na Cohab, curtindo a galera. É rapaz, deu Negritude e Jr. na cabeça. No Rio de Janeiro, o 3º lugar na corrida para a assembléia legislativa ficou com o ator global Stepan Nercessian (PPS). Já em Goiânia um deus atingiu essa colocação, nada mais nada menos que Túlio Maravilha (PMDB), o craque da camisa número 10. É muita alegria para qualquer CPI não colocar defeito.

– Vossa Excelência Glu-Glu fica pra próxima:
Sergio Mallandro (PTB) não fez feio, conseguiu 22 mil votos, mas a divisão por legendas não o fez vereador dessa vez.

– Sem espiadinhas:
As pseudo-celebridades oriundas do BBB não conseguiram se eleger. Lembram da Pink (DEM) do BBB5? Se não, nem você nem o eleitor de Recife que a deixou de fora da assembléia local. O mesmo para Adriano (DEM) do BBB1 em Salvador e Alberto Cowboy (DEM) do BBB7 em Belzonte.

– Ejaculação Precoce:
Já o nosso ídolo Kid Bengala (PPS), também vai ter que esperar mais 4 anos pra tentar crescer junto com a Assembléia Legislativa da capital paulista. Com 902 votos ficou só na 451ª posição.

– Chupa que é de Uva:
O cantor de forró, de sucessos como “Locadora de Mulher”, Cícero Almeida (PP), candidato a reeleição de Maceió apoiado por Collor, confirmou o favoritismo e com 81% dos votos foi o prefeito de capital eleito com a maior proporção de votos.

– Não deu:
Lacraia (PTB) e Léo Áquilla (PR) não deram pra virar vereadores de São Paulo.

– Sem lenço, puteiro, cargo político e documento:
O Larry Flynt brasileiro, Oscar Maroni Filho (PT do B), cafetão do Bahamas foi outro que também não conseguiu um cargo na assembléia paulistana.

– We Got Winners:
PMDB e Lula são os grandes vencedores das eleições municipais. O primeiro porque fez o maior número de cidades e acabou conquistando mais força para inverter previsões e quem sabe postular uma chapa pra presidente, apoiado pelo PT. O segundo porque viu sua popularidade e a estabilidade econômica do seu mandato se perpetuar pelo Brasil elegendo já 6 prefeitos do seu partido em capitais, além de uma série de candidatos da sua base aliada. No segundo turno vai ter muita gente o disputando a tapas para um simples tchauzinho no horário político. E se a Marta ganhar, aí meu irmão, é churrascão na Granja do Torto.

Acho que é isso. Que venha o segundo turno.
Aquele abraço.

————————————————————————
Upload do Rafa:

“Vale lembrar que Enéas Filho e Oscar Maroni sairam, respectivamente, com a barba e o rabo entre as pernas. Pernas estas que faltaram para os futebolísticos Dinei, Wladimir e Ademir da Guia. Quem figurou como bola cheia foi o glorioso Marco Aurélio Cunha, quem diria, foi o 19º vereador mais votado em São Paulo.


17 Responses to “Resumindo o Pleito”


  1. 1 Rafael 06/10/2008 às 7:09 PM

    Vale lembrar que Enéas Filho e Oscar Maroni sairam, respectivamente, com a barba e o rabo entre as pernas. Pernas estas que faltaram para os futebolísticos Dinei, Wladimir e Ademir da Guia.

    Quem figurou como bola cheia foi o glorioso Marco Aurélio Cunha, quem diria, foi o 19º vereador mais votado em sp.

  2. 2 minicritico 06/10/2008 às 10:00 PM

    Meu caríssimo Caju,

    embora respeite, e muito, sua opinião, devo dizer que discordo de diversas afirmações feitas na coluna.

    Creio, por exemplo, que já seja pra lá de impossível enxergar Fernando Gabeira como o respeitável revolucionário que sequestrou Charles Elbrick, em 69. Na realidade, vejo que, sabiamente, Gabeira se revestiu de seu histórico e imagem (popularesca, por sinal) de homem de esquerda para se aliar, como o tempo haverá de mostrar, à direita, que ele tanto se orgulha de ter combatido no passado.

    Gilberto Kassab, sob a asa de seu pai tucano Serra, é favoritíssimo para as eleições paulistanas. As razões são muitas: a oratória fraquíssima de Geraldo Alckmin; o já citado apoio tucano, que fará a diferença nessa reta final; o fato de São Paulo ser – paradoxalmente, diga-se – a cidade mais conservadora do país, entre outros. Marta vai precisar de muito, mas muito talento político pra levar essa parada.

    Pra quem defende a estúpida idéia de que os paulistanos votam melhor, com mais consciência, etc., sugiro que sejam analisadas as expressivas votações de Gretchen e dos ex-BBB’s (em outros estados), em comparação a gente como Sergio Mallandro, que em São Paulo, sem qualquer proposta, com o slogan “Estou na facul, voto no Glu-glu”, conseguiu absurdos 22 mil votos.

    Sabe o que é curioso? Eu tava pensando ontem. Com os militares, o Brasil aprendeu que ser de direita é feio e ser de esquerda é bonito. Um é o bom, outro é o mau. E por isso mesmo, são raríssimas as vezes que ouvi na Globo, Globo News, Record, Band, Record News e afins, esses termos, que definem exatamente a ideologia de alguns candidatos e seus partidos. Por exemplo, “Kassab é de direita”, “fulano é de esquerda”. O PT já deixou de ‘merecer’ o rótulo de um partido de esquerda há tempos, mas alguns de seus integrantes não. Creio, contudo, que seja para esse fim (o de ludibriar os confusos eleitores), que um partido retrógrado e conservador como o PFL – antiga ARENA – mudou seu nome para DEMOCRATAS. É pra rir ou pra chorar?

  3. 3 minicritico 06/10/2008 às 10:04 PM

    Ah… mais uma coisa que eu não poderia deixar passar.

    Marco Aurélio Cunha vereador. Que lástima.

    Aliás, lamento todo e qualquer voto passional. E isso inclui todos esses ex-jogadores, músicos, semi-músicos e pseudo-celebridades.

  4. 4 Caju 07/10/2008 às 12:50 AM

    Caro Pedro, vamos por partes:

    Sobre o Gabeira. Relutei em crer que o apoio tucano dado a ele poderia tirar sua “aura” diferenciada. Em nenhum momento concordei com isto, todavia ainda não podemos o colocar no patamar do político médio brasileiro. Aquele populista, empenhado exclusivamente em articular com lobistas, apoiar seus interesses empresariais e fazer carreira custeado pelo meio público. O Gabeira, apesar de não ser mais o revolucionário de 68, é sim uma gota diferenciada em meio ao oceano que levou a massa popular crer que política é coisa que não presta. A única coisa que espero que não aconteça é que urubu, tucano e papagaio de pirata não gozem do brio de honestidade que será mais do que reiterado na campanha do segundo turno.

    Sobre o Kassab compartilho do seu comentário. Um brilhante articulador que soube se encaixar no Maluf, no Pitta, no Alckimin e agora no Serra, que o fez Pupilo, braço direto. Um cidadão que fez fortuna com empresas de engenharia e transporte público (porque será que ele resolveu entrar na vida pública?). Marta é a pessoa menos indicada para combater um ser tão populista fajuto. Pena meu caro, pena. Kassab é a consolidação do Serra como maior força do PSDB para 2010, o símbolo do fracasso de Alckmin e o último respiro dos DEMOCRATAS (sic), vide a extinção de figuras como ACM e Cesar Maia que sustentavam essa laia atrasada de interesseiros incompetentes e egocentricos.

    Esse pleito foi a prova cabal de que o eleitor de São Paulo é o mais conservador do país (pra não chamar de burro). Esse pensamento já tinha nas minhas épocas aracajuanas. Discordo com quem diz (leia-se VEJA) que o resultado da eleição aqui na capital paulista é o termometro para 2010. Afinal, se for assim Serra e Alckimin ganharam contra Lula na capital paulista e nem assim conseguiram o incomodar no resto do país. E venhamos e convenhamos, Maluf, Éneas, Frank Aguiar, Sérgio Mallandro, Clodovil… é tanta gente pra citar que até cansa.
    Muitas águas rolam até 2010. Primeiro no tucanato. Tem muita gente querendo tirar o doce da boca do Serra. Depois a situação saberá agir de um jeito coerente com seus anseios. E que esse jeito não se chame Dilma Roussef, simpatia 0!

    Ademais meu caro, papinho de direita e esquerda é piada pra boi dormir no Brasil né? Hoje sinceramente, por mais clichê que isso soe, tento enxergar o que dissoa do resto. E por enquanto, quem me dá essa luz é Soninha. Manuela D´ávila, Gabeira, dentre poucos outros. Como diria aquele samba-eneredo da Mocidade de 1992, Sonhar não custa nada…

    Que eu não quebre a cara de novo.

  5. 5 Bobo,feio e chato. 07/10/2008 às 1:42 AM

    Pistão,(caju, lucas, enfim..)

    Belo post sobre os resultados. Que bom que você continua ligado no pleito, mesmo morando nesta coisa estranha chamada Sumpaulo.

    Posso ter a honra de corrigí lo só um bocadinho? Nem tudo anda bem na capital da qualidade de vida…Edvaldo Nogueira, sempre boa pessoa, recebeu apoio de figuras nefastas como Jackson Barreto, Albano Franco(!!!) e Fabiano Oliveira. Tucanaram o PC do B?

    Seu governador Déda ganhou mais uma vez a eleição, mesmo com Edvaldo perdendo (e se perdendo) nos debates para adversários do porte de Almeida Lima(agora enterrado) e Mendonça Prado, uma versão playboy de João Alves Filho.

    Dei meu voto para Vera, do PSTU, como daria para a Soninha ou Ivan Valente (bons demais para SP), Gabeira (bom demais pro Rio) e Heloísa Helena (muito maior do que aquele curral de belas prais aqui vizinho).

    A Manuela do Sul é bem bonita(PONTO), mas pertenceu a UNE atual, totalmente inútil e subserviente, do mesmo porte de Danilo Segundo, genro do governador aqui da Terrinha (eletcho).

    Aliás a máquina governamental elegeu quase todos os vereadores daqui. O único mérito foi não ter eleito figuras como “HULK” e “Robin”. Ponto pra nós.

    Ademais no Brasil, Revista Veja não é parâmetro, esquerda existe (e não é centro) e direita tem vergonha de ser direita (vira DEMOcrata, no país da piada pronta). KAssab…mais quatro anos do prefeito “sai daqui”?!

    Abraços da terra do presidente de 2010 (sem meu voto e com minha oposição)!

  6. 6 Caju 07/10/2008 às 3:13 AM

    Antes de mais nada meu eterno irmão Luizão, é um prazer poder voltar a discutir política com uste!

    Sempre soube desse apoio de ocasião do senhor Albano Franco e vossa laia ao Edvaldo. Vamos sempre lembrar: Déda é um dos maiores articuladores que Sergipe já viu. Digo mais, que o congresso nacional já viu. Ontem algum cientista político em algum canal de tv fez uma comparação oportna com o DEMO César Maia. De um lado um cara que chegou no pode articulando e conseguiu se manter, do outro uma figura que não conseguiu segurar suas crias na própria laia e vai ter que se contentar em escrever só seu blog nos próximos 2 anos. Lembro muito meu pai comentando os muitos encontros e farras dele com o Aécio em Brasília. A falsa cordialidade que fica no gabinete e vira “amizade” nas baladas da capital federal. Mas, ainda sim meu caro, prego, reitero e não tenho vergonha de falar: Déda mudou meu estado e mudou pra melhor.

    Se daqui a dois, três, quatro, não sei quantos anos ele e seu legado desandarem ao real desastre que João e Albano nos deixaram serei o primeiro a tirar meu time de campo. Mas, enquanto isso nós temos SIM a capital com a melhor qualidade de vida do Brasil.

    Quanto a Déda presidente não duvido e se acontecesse seria de uma emoção sem patamares pra mim. Como dizemos em bom sergipanês, fio do cabrunco se não vou participar ativamente da campanha dele com muito ORGULHO.

    Articulações serão feitas, esse é ainda o único jeito de ganhar alguma coisa nesse país, vide Gabeira.

    Ouvi falar muito bem do tal Anderson Gois. Presta mesmo? Professor de literatura do colégio Master. Que beleza!!!

    Quanto a PSTU, PCO, UNE e afins. Você sempre soube minha opinião. São símbolos de um pensamente retrogrado (tanto quanto de um democrata da vida). Instituições que pararam no tempo.

    Danilo Segundo era cunhado de Alfredo. Já pegou muito a gente lá nos saudosos tempos de Master na rua Propriá. O intitular o “futuro” Déda, ou o colocar em um nível próximo do dele é anedota de Juca Chaves.

    Não vejo esquerda. Não vejo direita. To aprendendo a enxergar pessoas Luizão. E uma pessoa que adoro como fala, como se posta e como faz é Manuela D´ávila. E sua lei do estagiário já é um belo marco na meteórica carreira política. Digo o mesmo de Soninha e ainda, repito AINDA, do Gabeira.

    Vida longa a eles.

    Grande abraço meu velho!

  7. 7 carlosergipe 07/10/2008 às 3:40 AM

    Enquanto ver ACM Neto se afundar é bom demais a gente vê o corrupto Collor mandando em ALagoas! POBRE MACEIÓ, tão linda, mas tão mal governada!

    Enquanto isso Aracaju, capital de Sergipe, cresce! Com 75% da câmara de vereadores aliada do prefeito releito, Edvaldo Nogueira, e com o apoio do governador Déda e do Presidente Lula, Aracaju tente a virar o paraíso do Nordeste.

  8. 8 Rafael 07/10/2008 às 4:01 AM

    Sobre vereadores:

    Primeiro, a quantidade e qualidade de informações que temos sobre os candidatos é nula. Agora vamos lá, o que resta? Horário Eleitoral, Campanha corpo a corpo, os velhos santinhos…

    Peraí, quer dizer que o cara tem 15 segundos para passar uma mensagem, quem ele é, o que pretende fazer. Acrescente 1000 nomes, ou seja lá quantos candidatos a vereadores temos em São Paulo.

    As pessoas se apegam a nomes conhecidos. Mas por mais que não pareça, ainda existe uma peneira. A superconhecida Gretchen, por exemplo, não se elegeu simplesmente porque ele não é nada mais do que uma bunda, e de bundas a política está cheia. Para aqueles que mesmo assim votam, é sinal de protesto, e dos burros. Assim como foi com Clodovil.

    Mas veja bem, na própria revista que todos amamos odiar, Agnaldo Timóteo foi um dos vereadores atuais que receberam as maiores notas, segundo alguns critérios. Ok, isso nao importa, mas será que se considerarmos todo o cenário que estamos envolvidos, Agnaldo Timóteo, de repente, não pode ser mesmo um bom vereador?

    Que fique claro que “bom” está dentro das espectativas realistas, pois existe gente que acredita que para se candidatar deveria ser obrigatório um mestrado, doutorado, etc.

    O que eu quero dizer é que fica muito fácil entender porque Marco Aurélio Cunha é eleito. Porque além de passional, as pessoas que digitaram o número dele, votaram em alguém que conhecem, que tem uma expectativa. Provavelmente apoiam o trabalho dele como dirigente do São Paulo, e acreditam que isso possa ser transferido para a Câmara. Assim como os eleitores de Netinho, enxergam nele um representante da comunidade em que vivem, de seus interesses. Se isso é válido, consistente, correto, não vou entrar no mérito.

    Meu ponto é:

    Considerando a precaridade de informações que obtemos sobre vereadores e candidatos a, acho que votos em pessoas como MAC e Netinho podem ser considerados legítimos.

    Muito mais legítimos do que aqueles votos entregues ao cunhado do tio, ao cara do santinho da porta da zona eleitoral, ao cara da piada engraçada, ao cara da sacada genial, ao cara recomendado pelo seu amigo que diz que leu Maquiavel, ao cara recomendado pela Veja, ao cara ou coroa, e acima de tudo, ao voto na legenda, do qual nem quero entrar em detalhes.

    Legítimo porque quem votou conhece em quem votou, tem expectativas positivas, e possivelmente se informará mais para saber o que vem sendo feito. Em todos os outros casos que citei, isso não existe.

    E é através de um voto legítimo que aos poucos se aprende a votar certo.

  9. 9 Caju 07/10/2008 às 4:18 AM

    Rafa, brilhante sua pontuação. Enxergando por esse lado não posso falar outra coisa que não reiterar tudo aquilo que você muito bem colocou.

    Todavia meu medo é: um voto no MAC pode ter vindo também daquele sujeito que é da Independente e ouviu um “vote em mim que você continuará entrando no Morumbi de graça”. Saca?

    Há casos e casos. É claro que você pode enxergar a tal história da transferência de boa administração, do clube para a assembléia. E essa percepção é muito mais legítima que a do voto no pai do amigo do primo do seu colega de faculdade. Mas existe o outro lado da moeda, o do interesse, uma compra de voto, digamos mais “urbana”.

    Quanto a estrelas postulantes. Toco de novo na tecla do casos e casos. Vamos lá. Stepan Necessian, que a muito tempo não aparece em novela da Globo e seu ultimo “causo” foi participar da dança dos Famosos do Faustão foi reeleito com uma excelente reputação legislativa. Aí você pega o Frank Aguiar que ta na propaganda política fazendo jingle elogiando o seu PTB, que já foi de Vargas e hoje tem como presidente Roberto Jefferson e vice o senhor digníssimo Collor. Dá pra dar crédito em um sujeito desse naipe?

    Colocando em miúdos, o inchaço político tanto partidário quanto de postulantes faz com que o voto perca sentido. Causas quase que se extinguem. Candidatos viram piadas de Kibe Loco. A informação é quase nula sobre a maioria. Aí quando surge uma voz diferenciada neguinho já ta com pé atrás e sete pedras na mão. Complicado.

    Masssss…. fazer o que?

    (Votar no Obama!)

  10. 11 minicritico 07/10/2008 às 8:45 PM

    Fernando Gabeira, pra mim, é o FHC do século XXI. Só que numa versão mais moderninha, relax, cabeça aberta (típica do que dizem ser o cidadão pós-moderno) e todas essas besteiras que publicitários tentam colar na cabeça do eleitorado. E olha que teve muito artista dito intelectual que embarcou nessa. Eu não embarco nem que me paguem.

    Me chamem de cético, mas não creio também em Soninha. Seu discurso é bonito e idealista, mas na vereança, o máximo que fez foi propor o Dia da Música Eletrônica. Tendo como base a campanha e os debates, Soninha adotou o comportamento mais tucano (logo, contraditório para uma contumaz ‘socialista’) possível, já que evitou em todos os momentos se posicionar firmemente e se limitou a atirar para todos os lados. Sob esse aspecto (e só sob esse aspecto mesmo), foi admirável a postura de Ivan Valente. Olha que não vou dar aqui argumentos levianos, como “ela é amante do Serra”. Pra mim, ela que se envolva com quem quiser. Desde que, ao menos, mostre personalidade e competência.

    Sobre Agnaldo Timóteo, um dos maiores defensores que Paulo Salim Maluf já teve nessa cidade: sua base eleitoral e seus projetos se focam, basicamente, nos taxistas. Um de seus projetos de lei que mais me chamaram atenção foi um que propunha que houvesse banheiros e televisores nos pontos de taxi de São Paulo. A conta de luz e água, claro, seria bancada pelos cofres públicos. Faz muito sentido…

  11. 12 Caju 07/10/2008 às 9:01 PM

    Então meu caro De Luna. Nesse momento pra você quem se destaca? Há alguma alma diferenciada?
    Abraços

  12. 13 Caju 07/10/2008 às 9:01 PM

    Então meu caro De Luna. Nesse momento pra você quem se destaca? Há alguma alma diferenciada?
    Abraços

  13. 14 minicritico 08/10/2008 às 3:23 AM

    Não, não há.
    De neo-liberais com discursos populares, estamos bem servidos. Enquanto isso, fico aqui a pensar como tudo poderia ser diferente se tivéssemos uma mídia menos subserviente e minimamente informativa.
    Contudo, entre Kassab e Marta, sou mil vezes Marta. Até porque as mudanças feitas na gestão dela, que esteve longe da perfeição, são sentidas até hoje. Se ela tivesse metade do carisma de seu ex-marido, ganharia esse pleito. Como não tem, corre o risco de perder para o Secretário de Planejamento do filho bastardo do Maluf. Aliás, pra quem não sabe: sim, Celso Pitta é filho de Paulo Maluf. E não, eu não estou sendo irônico.

  14. 15 Caju 08/10/2008 às 3:44 AM

    Que mudanças meu caro. Cite algumas! Apesar de ja ter decidido meu voto nela afinal do outro lado há uma figura do DEM, queria saber um pouco mais!

    Quanto ao PITTA! Jesus. Isso é mais conspiratório que a morte do Paul.

  15. 16 Bobo,feio e chato. 08/10/2008 às 2:33 PM

    Filho, Anderson Góis é a maior mentira desta eleição. Ele tem cara e fala como classe média (bem importante isto aqui em Aracaju) mas mudou de discurso 3x em 3 debates consecutivos e conseguiu repetir as mesmas propostas de ALmeida Lima (o guarda costas de Renan Calheiros) e Mendonça Prado.

    Ele destoa do PCB nacional.
    Edmílson Costa teria vergonha. Até Déda ficou impressionado, e num off disse para ele – “rapaz, eu só fui dialogar com o centro com 48 anos, você tá muito jovem ainda”.

    Não concordo com essa tese de pós modernismo de não existirem mais lados disputando o poder. De onde vieram Bush, Berlusconi e Sarkozy senão de uma Direita? Mas esta discussão vai longe.

    De fato não sei como o Gabeira ‘está’ atualmente. É minha aposta. Assim como não aposto em Déda, Lula e outros afins-neoliberais-de-vermelho.

    Kassab e Marta me lembra o Lula x Alckmin no segundo turno. É nulo de novo com a força do povo.

    Abraços

  16. 17 Bobo,feio e chato. 08/10/2008 às 2:33 PM

    Filho, Anderson Góis é a maior mentira desta eleição. Ele tem cara e fala como classe média (bem importante isto aqui em Aracaju) mas mudou de discurso 3x em 3 debates consecutivos e conseguiu repetir as mesmas propostas de ALmeida Lima (o guarda costas de Renan Calheiros) e Mendonça Prado.

    Ele destoa do PCB nacional.
    Edmílson Costa teria vergonha. Até Déda ficou impressionado, e num off disse para ele – “rapaz, eu só fui dialogar com o centro com 48 anos, você tá muito jovem ainda”.

    Não concordo com essa tese de pós modernismo de não existirem mais lados disputando o poder. De onde vieram Bush, Berlusconi e Sarkozy senão de uma Direita? Mas esta discussão vai longe.

    De fato não sei como o Gabeira ‘está’ atualmente. É minha aposta. Assim como não aposto em Déda, Lula e outros afins-neoliberais-de-vermelho.

    Kassab e Marta me lembra o Lula x Alckmin no segundo turno. É nulo de novo com a força do povo.

    Abraços


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: