Piadas realmente Velhas

A Universidade de Wolverhampton na Inglaterra acaba de apresentar um dos estudos mais profundos e relevantes já realizados sobre civilações antigas. Eles catalogaram a lista das piadas mais velhas da humanidade e descobriram que os Sumérios já eram fanfarrões 1900 anos antes do brother Jesus. É rapaz, a piadinha que rolava nas terras mesopotâmicas era: “o que é algo que nunca aconteceu desde o começo dos tempos? Uma mulher nunca soltou um pum no colo do marido”. (Tu-Tum Tiss)

Já no Egito as anedotas não respeitavam nem a figura político-divina do Faraó. Segundo o estudo um egípcio se virou pro outro e perguntou: “Como se faz pra entreter um Faraó entediado?”, o outro não conseguiu achar uma resposta, e o primeiro soltou “Coloque um navio cheio de mulheres vestidas somente com redes de pesca e diga ao faraó que pegue um peixe” (de novo, ela merece). Que beleza, é praticamente o Zorra Total em Alexandria.

Os britânicos, sisudos e mau-humorados como sempre, tiveram sua primeira piada só no século 10 d.c.: “o que é que fica pendurado nas coxas de um homem e quer entrar em um buraco no qual já entrou antes? Uma chave” (pra não perder o costume).

Tentei bolar um final retumbante com algum trocadilho engraçadinho que conclua este post, todavia a genialidade dos Sumérios e Egípcios deixam meu humor no nível do da Praça é Nossa. Sem mais, até a próxima.


Vi no G1
Planeta Bizarro

0 Responses to “Piadas realmente Velhas”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.hygino

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.nico

//twitter.do.tico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: