The (International) Noise Conspiracy

O cenário atual do rock encontra muito de seus suspiros criativos de um lugar que foge do tradiconal circuito Estados Unidos – Londres: a gélida Suécia. Um país que é muito mais conhecido pelo seu IDH embasbacantemente maravilhoso, por ligar o foda-se para o resto do mundo repleto de, que irônico,”bárbaros” e pelas belas mulheres, agora é também um país que exporta grandes talentos da música para o resto do mundo. Bandas como Shout Out Louds (Fiat Punto), Mando Diao, The Hives e muitas outras nasceram respirando o ar viking da escandinávia. Isso sem contar com as irritantes old-school ABBA e Roxette, que mexeram com os quadris e os corações dos jovens dos anos 70 e 80. Mas venho até vocês para falar daquela que considero a melhor banda desta área quase inóspita: The (International Noise Conspiracy).

The Inc., como eles também são chamados, foi fundado em 1998, em Umea. Formado por membros dissidentes de várias outros grupos, mas, principalmente, do Refused, esta banda tomou como lema a frase do compositor Phil Ochs, que disse que o “a fórmula ideal do rock se daria pela combinação entre Elvis e Che Guevara”. Dito e feito. Com letras politizadas que criticam o capitalismo e o consumismo, The Inc. ficou famosinha no cenário Indie, mas não despontou para o mundo, muito pelo fato de eles se recusarem a assinar contrato com uma grande gravadora. “Seremos sempre roots”, disse certa vez o vocalista Dennis Lyxzén – tá, ele nunca disse isso, mas já deve ter pensado várias vezes.

Com letras que desejam um mundo livre de todo esse fetiche pela mercadoria, The (International) Noise Conspiracy faz um rockzinho classudo e bem legal de se ouvir. Não é uma banda que figura no meu panteão, mas que pode um dia chegar lá. Abaixo segue o clipe de “Small Demand”, música de seu último CD “Armed Love”, que foi lançado em 2004.

Obs: Caso vocês tenham gostado da banda, aqui (no fim da página) você consegue encontrar todos os CDs deles para baixar. Recomendo o CD de 2001 “A New Morning, Changing Weather”.

Hasta!


1 Response to “The (International) Noise Conspiracy”


  1. 1 adv 19/03/2008 às 11:14 AM

    Olá, obrigado pela citação. Desde a adolescência a criatividade que vem dos países nórdicos me atrai; embora de lá eu ouço todo tipo de viking, folk e gothit metal; sem dúvidas é um excelente país no que diz respeito a produção musical ;)


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: