Búfalo Vermelho FC

É mais do que clichê elogiar as ações de mkt esportivo que a Red Bull faz. De escuderia de fórmula 1 até corrida de avião, a empresa criada pelo ex-mau aluno e paquitão austríaco Dietrich Mateschitz dá um show de originalidade e brilhantismo na execução e divulgação de suas ações. Todavia, uma delas manchou para alguns a imagem da empresa que te da asas. Eram os torcedores do SV Austria Salzburg, time de futebol fundado em 1933, que viram o nome do seu time mudar em 2005 para Red Bull Salzburg, após aquisição pela empresa de energéticos, deixando todo um passado de glórias para trás.

Isso causou um bafafá que culminou em protestos por toda Europa (vide foto de faixa feita pela torcida do Benfica), em demonstrações de apoio aos torcedores vítimas do mkt esportivo e até na criação de outro SV Austria Salzburg que hoje disputa a segundona da Áustria. Todavia, já na sua primeira temporada o Red Bull consquistou o campeonato austríaco e disputou as fases preliminares da Champions League. Hoje, o time é treinado por Giovanne Trapatonni e está imbatível nos seu país.
Um ano depois, a Red Bull comprou também o antigo New York Metrostars, o transformando em Red Bull NY, mas como a américa não gosta muito da redondinha e sim da bola oval, os protestos não ganharam grandes proporções. Coisa que aconteceria caso a empresa tivesse comprado o Juventude de Caxias do Sul como muito se especulou ano passado.

Apesar do contrato com os gaúchos não ter dado certo, o Brasil acaba de ganhar o irmão caçula do Red Bull NY e Salzburg. O Red Bull Brasil, com sede no bairro do Itaim em São Paulo e investimento inicial de 200 milhões, mas que mandará seus jogos em Campinas. Inscrito na Federação Paulista de Futebol, ele será lançado no mês de abril e disputará a segunda divisão do Paulista, que na realidade se equivale a quarta. Se o planejamento der certo, em 2011, poderemos ver São Paulo x Red Bull Brasil no Morumbi, disputando o Paulistão com cobertura de televisão e tudo.
São nessas horas que eu me pergunto duas coisas:
1- Qual seria a sens
ação caso seu clube fosse comprado e mudado de nome da noite pro dia?
2- Como a Globo chamará o clube na época que ele estiver jogando grandes campeonatos?

Enfim… o tempo irá responder.
Até a próxima.

2 Responses to “Búfalo Vermelho FC”


  1. 1 jaun00 05/03/2008 às 12:03 PM

    Sinceramente, eu axo uma palhaçada essa história de mudar de nome, imagine se o Corinthias mudar o nome, assim como outros grandes clubes, São Paulo, Palmeiras, Flamengo…

    Intão, Tomara que esse time da Red Bull Brasil não de Certo hehehe.

  2. 2 Pedro 07/03/2008 às 5:24 AM

    Nada mais neo-liberal e globalizado que isso. O futuro dos esportes é esse: clubes-empresa por todos os lados. É a lei da selva. Como a Globo chamaria? Itaim F.C.? Não sei… mas o Finasa Osasco (que pertence ao centroavante reserva do Corinthians, Finazzi) é chamado simplesmente de Osasco. O Pão de Açúcar Esporte Clube virou PAEC. Enfim… é importante ressaltar que Richarlyson, enquanto o Santo André conquistava a Copa do Brasil 2004, atuou por empréstimo no rival do Red Bull Salzburg, o Austria Salzburg.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




//twitter.do.caju

//twitter.do.hygino

//twitter.do.nico

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

//twitter.do.tico

//twitter.do.michel

//naftalina


%d blogueiros gostam disto: